Easy B2B facilita negociações entre empresas

Propósito da startup é oferecer uma plataforma que conecta empresas, franquias e fornecedores em compras de grandes volumes de suprimentos

Fundada em 2019, a Easy B2B é uma startup de varejo digital destinada a facilitar o processo de compra e vendas entre empresas. Hoje a sua plataforma atua na aquisição de produtos em um funcionamento que até lembra os conhecidos marketplaces, um conceito muito associado a nomes como Mercado Livre, Amazon e outros focados para o consumidor final. Entretanto, a diferença da Easy B2B é que ela opera exclusivamente entre empresas (o chamado B2B).

Transformação digital em compras corporativas

 

Um ano depois da sua fundação, a Easy B2B sentiu os efeitos da transformação digital com a pandemia da Covid-19. Com muitas empresas sendo obrigadas a digitalizar seus processos, a startup surgiu no momento certo como a melhor solução nas ocasiões em que uma grande empresa precisava comprar os suprimentos necessários para seus funcionamentos. E a Easy B2B propõe resolver essa necessidade de aquisições de grandes volumes de materiais com poucos cliques. 

Perfis de clientes

 

A startup possui três perfis de clientes distintos: distribuidores, franqueadores e grandes compradores. A linha-mestra que conduz o trabalho da Easy B2B é comum entre eles: “Possuímos uma plataforma onde os compradores podem fazer pedidos de itens e materiais em grandes volumes como papel, materiais de escritório e de limpeza. Esses pedidos são processados de forma automática e isso gera um ganho de tempo e dinheiro para os nossos clientes” explica Renato Ferraz, cofundador e CEO da Easy B2B.

Personalização como estratégia de negócios

 

Os grandes compradores têm a vantagem de contar com a personalização da plataforma Easy B2B. Por ser White Label, a empresa pode contratar a plataforma em um sistema que pode levar seu nome. Tudo o que ela tem que fazer é emitir um comunicado de que a partir daquele momento há um sistema totalmente feito para atender às peculiaridades de negociações B2B de forma intuitiva. “Toda vez que outra empresa precisar comprar esses materiais, não vai precisar mandar um e-mail com uma lista que pode demorar horas ou até mesmo dias. O pedido pode ser realizado diretamente pela plataforma de forma instantânea”, argumenta Renato.

Monetização da plataforma 

 

Os pagamentos das compras realizadas na plataforma são realizados via boleto ou transferência eletrônica. Hoje a Easy B2B monetiza de três formas. O primeiro modelo é o mais simples, envolve setup e o pagamento de mensalidade. Um outro modelo de precificação, envolve o pagamento por número de pedidos. “Trabalhamos, também, com um outro modelo que é um percentual sobre o volume de transações (GMV) daquele cliente. Dependendo do cliente, do tamanho ou segmento, a gente customiza o modelo de precificação”, comenta Renato.

A origem da ideia

 

A Easy B2B nasceu em uma imersão no Innovation Lab em São Francisco (EUA) em 2019, no Startup Base Camp. “A partir daquela ocasião, remodelamos nosso negócio para chegarmos onde estamos hoje, que é uma plataforma tecnológica que facilita o processo de compra e vendas entre empresas”, explica Rafael Ferraz, cofundador e CPTO da startup. 

 

O negócio foi criado com a percepção de que haveria algum momento em que a transformação digital atingiria as negociações entre empresas. A premissa foi confirmada com a pandemia, quando a Easy B2B registrou um aumento da adesão de novos usuários em sua plataforma devido às restrições impostas pela Covid-19. 

 

Os indicadores chamaram a atenção a ponto da rodada da startup ser uma das mais bem sucedidas na plataforma de investimentos em startups CapTable, onde o projeto recebeu aporte de 349 investidores. 

Veja a matéria divulgada na Revista Empresários (página 37) edição Setembro de 2022 aqui